UMA METODOLOGIA MULTICRITÉRIO
(MCDA-C)

Incorporar a dimensão integrativa nos processos de avaliação de desempenho organizacional, tendo como base a Metodologia Multicritério de Apoio à Decisão dos gestores.

A complexidade da gestão no cotidiano das organizações tem demandado melhorias no processo de tomada de decisão, principalmente nos contextos decisionais que envolvem problemas complexos. Neste contexto se insere a avaliação de desempenho organizacional.

METODOLOGIA

Processo Decisório sob a perspectiva da MCDA-C

1

Fase de Estruturação

A fase de estruturação tem por objetivo esclarecer o contexto decisório levando-o a compreensão e formulação do problema. Com base em uma hierarquia de valor é possível mensurar com escalas ordinais e avaliar alternativas. Essa primeira fase se destina a gerar conhecimento no contexto, construindo um modelo aceito e negociado pelo gestor ao considerar fatores que sejam para ele relevantes no processo de apoio a decisão. As atividades envolvidas ocorrem de um modo dinâmico e interativo, simulando debate e aprendizado. Ao final desta fase, a MCDA-C terá construído um modelo de avaliação de desempenho contendo todas as vertentes abalizadas pelo gestor como necessárias e suficientes para avaliar o contexto, assumindo todos os riscos e margens de erros possíveis, que podem existir pela subjetividade envolvida no processo.

2

Fase de Avaliação

Nesta fase transforma-se as escalas ordinais em cardinais, sejam elas qualitativas ou quantitativas, adicionando conhecimento ao processo, estabelecendo taxas de compensação. Após essa transformação, o contexto passa a ser representado por um modelo matemático, oportunizando mensurar numericamente o desempenho da situação atual e das alternativas que surgem ao longo do processo. A intenção é expandir a compreensão do problema, ampliando o entendimento no gestor sobre o contexto passando a usar instrumentos quantitativos.

3

Fase de Recomendações

É na fase de recomendações da MCDA-C que são alvitradas ações potenciais de melhoria dos objetivos que mais contribuem em termos de
desempenho no contexto avaliado. Isto é, as ações são analisadas avaliando o impacto positivo ou negativo no desempenho global do modelo. Visa proporcionar ao gestor elementos suficientes para desenvolver e aprimorar alternativas, propiciando condições de análise daquelas alternativas que mais contribuem para a organização. Assim que o modelo seja apontado como robusto, ações de aprimoramento do desempenho são propostas para que se melhore o perfil de desempenho atual, tomando por base os objetivos do gestor que estejam em nível de sobrevivência, ou seja, abaixo de suas expectativas. Nesta última etapa da MCDA-C dar-se-á a avaliação do grau de agilidade / produtivida no processo.

Ao escolher a epistemologia do conhecimento construtivista para a aplicação dos trabalhos de consultoria, A K.EYE Consulting optou por aderir a Metodologia Multicritério de Apoio à Decisão - Construtivista (MCDA-C) por ser um instrumento que possibilita gerar o conhecimento no gestor, apoiando no processo de tomada de decisão e ainda permitindo identificar quais são os critérios mais importantes para o gestor, de modo que se torne compreensível quais os impactos decorrentes de suas decisões.

O conhecimento gerado durante a construção do modelo possibilita ao gestor identificar para cada um dos seus objetivos, se o desempenho está deste está abaixo do normal (em nível de sobrevivência), normal (competitivo) ou acima do normal (excelente).

Esta metodologia tem suas raízes na corrente de pensamento da Escola Europeia de Apoio à Decisão, fundamentada no paradigma construtivista, se solidificando como um instrumento científico reconhecido e relevante a partir dos anos 90. A MCDA-C parte do princípio que o decisor não tem total conhecimento sobre o contexto inserido e que as alternativas serão criadas no decorrer do processo com apoio dos consultores, resultando em um modelo personalizado enquanto o conhecimento é construído.

SEJA UM CASO DE SUCESSO